Archive for the 'Lanches' Category

12 fevereiro
0Comments

Vem aí a 2ª edição do Sanduweek

Preparem as lombrigas, porque de 14 a 23 de fevereiro acontece o festival de sanduíches mais gostoso da cidade. sanduweek Dessa vez serão 35 restaurantes participando do Sanduweek, com criações que podem fazer parte de duas categorias: “Street Food“, ao preço fixo de R$ 15,00 – para democratizar o evento e mais gente poder provar mais opções e “Freestyle“, para a qual os estabelecimentos podem criar como quiserem seus sanduíches e os preços variam de R$ 18,90 a R$55. Quem chega agora para estrear nessa segunda edição são casas como o 210 Diner, Balila, Big Kahuna Burger, Bra.do, Fresto e Jazz Restaurante. A lista com todos os sanduíches, preços e participantes você encontra nesse link aqui. Abaixo estão as escolhas que minhas lombrigas fizeram e eu compartilho com vocês! AK Vila e seu insuportável (de bom) sanduíche de salada de camarão, ostra frita e guacamole no pão de hot dog (R$ 35) – gente, falta muito pra sexta-feira? Tô aguando demais por esse lanche! AK Vila - freestyle sanduweek    La Sanguchería e seu  Pollo Chifero: filé de frango empanado coberto com fios de azeite de gergelim, legumes chifero – sino-peruano – temperados com shoyu e molho de ostras, servido num pão semelhante ao francês (R$ 15). LaSangucheria - street food sanduweek O Ruaa preparou para a categoria “freestyle” um sanduíche de frango orgânico empanado com quinua, queijo brie, pesto de manjericão e geléia de pimenta, acompanhado de chips de mandioquinha (R$ 27) – que é pra dieta não reclamar. rs Ruaa - freestyle sanduweek

Já deu pra ter uma ideia do que te espera nesses próximos dias, não é?

Pois então, vamos sandubar! ;)

04 novembro
0Comments

SP Burger Fest – a terceira edição do festival mais delícia da cidade vem aí

Maior, melhor e mais completo! É assim que chega na sua terceira edição o  festival que reúne os melhores e  mais criativos hamburgers da cidade.

Agora com 3 semanas de duração (de 8 a 24 de novembro) pode ser que eu consiga matar todas as minhas lombrigas. Pq gente, não é fácil… são 63 casas participando e 90 receitas diferentes.

Não sei lidar com toda essa diversidade e, por mim e para minha felicidade, o festival duraria 3 meses.. isso sim! :)

Ah, mais uma novidade dessa edição é que o Burger Fest estabeleceu parceria com o site www.restorando.com.br e aí fica melhor para reservar e rechear a agenda com visitas gorduchas hahaha

E tem esquenta também para abrir o evento: duas Feirinhas Gastronômicas, na Praça Benedito Calixto, foram programadas para vender hambúrgueres a R$ 20: a primeira, no dia 7 de novembro, conta com a participação de restaurantes e blogueiros  Guia do Hambúrguer,Ponto de Chapa, Luz, Câmera, Burguer  e Sem Medida vendendo seus lanches; a segunda edição rola no dia 21 de novembro. As duas acontecem das 18h às 24h.

Bom, vamos ao que interessa? Veja, então, os burgers que já me deixaram babando só de ver a foto:

sp-burger-fest-ak-vila2

 

Triplo porco, do AK Vila:  hambúrguer de porco, costelinha desfiada, bacon artesanal crocante com pasta de abacate temperada
R$ 33 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-big-kahuna-burger

 

Vincent Vega, do Big Kahuna: hambúrguer de 250 gramas recheado de muçarela e bacon, coberto por sour cream salpicado de bacon bits e crispy onions, servido no pão de cebola + salada no prato. R$ 29,80 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-bottega-di-paradisi

 

Fellini Burger, do Bottega di Paridisi: hambúrguer de fraldinha premium com queijo brie, rúcula, lâminas de figo grelhado com molho especial + bolinhos de risoto com cogumelos salteados. R$ 35 – servido no almoço e jantar

sp-burger-fest-brado2

Do Bra.do: hambúrguer de fraldinha selado em óleo defumado de carvão, acompanhado de bacon crocante, maionese temperada, queijo mozarella e ovo frito com gema mole + batatas fritas. R$ 32 – servido no almoço e jantar

sp-burger-fest-burger-lab-experience3

 

Burger Bonjour Provence, do Burger Lab: blend de cortes bovinos Burger Lab no pão australiano, queijo raclette, confit de cebola baby e maionese de mexerica com manjericão. R$ 29 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-capim-santo2

 

Mini hambúrguer vegetariano, do Capim Santo: 4 mini burguers servidos no pão de capim santo.
R$ 29 – servido no almoço e jantar

sp-burger-fest-condimento1

Hambúrguer com blend de 3 carnes, da Condimento: burger sobre rosti de batata e molho de cogumelos + saladinha da casa de entrada. R$ 39 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-emporio-sagarana

Sagaburger, do Empório Sagarana: hambúrguer de fraldinha, queijo canastra, panceta e um ovo mole no pão de aipim. R$ 24 – servido no jantar.

sp-burger-fest-garage-burger

Burger Flex, do Garage Burger:  burger de 200g com metade picanha, metade calabresa caseira, servido com dupla camada de queijo, molho de tomate fresco, alface, maionese da casa no pão ciabatta redondo. R$ 20,90 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-la-grassa

 

Polpeta Burger, do La Grassa: hambúrguer de carne bovina e linguiça suína, picles de abobrinha, maionese de manjericão, purê de tomate, Rúcula, Pão integral e queijo mussarela acompanhado de mini fritada de legumes. R$ 39 –servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-la-maison-est-tombe

 

TOP du TOP avec beaucoup de frites, do La Maison est Tombée – hambúrguer de copa lombo temperado com mostarda Dijon empanado, com cebola roxa, nirá e bacon, com molho hoisin e molho de sauce pimento chinesa, no pão australiano +  batata rústica. R$ 36 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-le-repas-bistro

 

Burguer Forestièr, do Le Repas Bistrot – 180g de carne bovina com queijo brie derretido, cogumelos ao vinho do porto e salada de salsa ao mel de vinho tinto no pão preto+ fritas. R$ 36 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-meats

Jambulando, do MEATS: hambúrguer, queijo marajoara, folhas de jambu,com cebola caramelizada em cachaça de jambu e picles de semente de mostarda e farinha d’agua. R$ 29 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-mimo

Hambúrguer de pernil com polvo e gruyère, do Mimo – Base de pão caseiro de torresmo com maionese de páprica picante e limão siciliano, hambúrguer de pernil coberto com queijo gruyère e tentáculo de polvo. Servido com salada verde, onion ring e molho de tomate e polvo. R$ 35 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-myk2

 

MYK Burger, do MYK: burger de queijo de cabra com rúcula, tartar de tomate e chutney de cebola roxa no pão de hamburger de bacon. R$ 35 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-oba1

 

sp-burger-fest-oba3

 

Hambúrguer Chipotle: burger de patinho e fraldinha com frijoles refritos, avocado, chile chipotle e salsita fresca no pão ao estilo mexicano; acompanham fritas temperadas com chile e servidas com creme azedo com chipotle e Hambúrguer Thai: burguer de cordeiro temperado com curry massaman, com molho de iogurte e ervas frescas e relish de pepino e gengibre + fritas com molho de amendoim, curry e coco.  Ambos por R$ 33,00/cada, no Obá – servidos no almoço e jantar.

sp-burger-fest-pj-clarkes

 

Forest Burger, do P.J. Clarkes: pão especial de ervas, 200 gramas de fraldinha, queijo Brie, cogumelos salteados com avelãs, azeite de trufado. R$ 35 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-pobre-juan

 

Bliss Burguer, do Pobre Juan – hambúrguer de blend de picanha e bife de chorizo, acompanhado de duas versões de tomate – chutney de tomate ao perfume de especiarias e toque cítrico de limão siciliano e tomate crispy, tomate concassé cortado finamente e seco ao calor indireto da parrilla, queijo de cabra tipo manchego, alface americana e redução de balsâmico, no pão ciabatta. R$ 44,90 – servido no almoço e jantar.

sp-burger-fest-ruella2

Do Ruella Vila Olímpia: hambúrguer de cordeiro com queijo de cabra brûlé, farofa de bacon, pasta de hortelã picante sobre brioche com folhas ao molho da Chefa, servido mal passado. R$ 52 – servido no jantar de segunda a sábado e almoço de domingo

sp-burger-fest-zena-cafe

Hamborgo, do Zena Caffé: brguer com creme de ricotta e espinafre, ovo trufado, no pão brioche. R$ 36 – servido no almoço e jantar

 

Pronto, parei! Agora bora malhar, correr na esteira que é pra sair com vantagem na maratona que vai ser provar esses burgers todos! ;)

 

 

 

19 setembro
1.011Comments

Imperador, Soberano e El Nacho – os novos gostosões do America

Conhecer novidade boa em primeira mão é bom demais!

Estive no lançamento dos 3 novos burgers que compõe um cardápio especial- o Permita-se – criado por Marcelo Favaro, chef da rede America, que ficará “em cartaz” por tempo limitado (até 03/11) e saí de lá apaixonada pelo conceito: os novos lanches (R$ 32,90 cada) levam mais queijo, mais molho, mais maionese e são acompanhados de uma porção maior de batatas fritas.

Bem coisa de gordinho que curte se lambuzar com um lanchão na mão, vai!  s2

O bonitão que me conquistou foi o Imperador: hamburger de 150g com queijo do reino, alface, maionese, vinagrete e molho chimichurri.

Putz!!! É BOM DEMAIS!

A combinação de sabores ficou suculenta num ponto que dá vontade de lamber o prato quando o lanche acaba.

Imperador - AMERICA

Para os que amam clássicos o Soberano representa bem esse papel: 150g de carne, cheddar com pimenta do reino, alface, maionese, bom e farto bacon em tiras e molho barbecue.

Soberano - AMERICA

A influência tex mex, sempre presente no cardápio do America, também foi utilizada no El Nacho que leva cheddar, maionese, pico de gallo, nachos e relish de milho – só não é ainda melhor e mais gordo porque não colocaram uma porção de guacamole do lado!

AMO hamburger com guacamole… AMO! #ficadica

El Nacho - AMERICA

Só fique atento a uma coisa: quando pedir seu lanche deixe BEM claro o ponto que deseja para a sua carne.

Apesar de o atendimento do America ser um dos melhores que conheço, sempre que vou comer algum hamburger lá tenho problemas com o ponto e aí precisa devolver, reclamar… essas coisas chatas que tiram a gente do nosso objetivo principal: COMER BEM!   ;)

16 fevereiro
2.452Comments

In Burgers We Trust

Miséria pouca é bobagem, então olha eu aqui  novamente falando de hambúrger.

Ou melhor, falando de New York Prime Burger – como são entitulados os lanches no Butcher´s Market.

Ganhador na categoria melhor hambúrger da Veja São Paulo 2011-2012, sempre lotado e igualmente bem falado. Esse é o resumo básico da casa comandada pelo jovem chef Paulo Yoller.

Ambientação super bem construída com pinturas nas paredes que retratam os cortes das carnes, muitos ganchos e apetrechos de açougue pendurados pelo teto:

Pelo salão, mesas comunitárias para até 10 pessoas e garçons “mudernos” que, notavelmente, trabalham com a cabeça na lua. Então já sabe: não espere o melhor atendimento do mundo – ainda que eu torça para que esse seja um ponto melhorado com o tempo.

Logo na escolha da bebida me peguei de amores pelo Lemon Juuice (R$ 7,00) que combina perfeitamente suco de limão com lima da pérsia, hortelã e club soda. Leve, fresco, equilibrado e eu poderia tomar uns 2 litros sentada na beira de uma piscina nesse verão.

Da lista diminuta de entradas, assim como o resto do cardápio, optamos por fritas com e sem chili (R$18,00):

Detonamos em 6 pessoas os dois generosos potes de batatas, que só poderiam ser um pouco mais crocantes. O chili, em compensação, estava de parabéns: encorpado, saboroso sem ser absurdamente potente.

Para não ter uma overdose de chili deixei de pedir o Chili Cheese Burger (R$ 27,00) e escolhi o Joint  Burger (R$27,00) com alface, mozzarela e cebola roxa caramelizada:

Adorei que o pão vem tostadinho, acho que na manteiga, e isso só acabou com meus planos de não comer a parte de cima do pão, como se isso fosse me livrar de muitas calorias.

O hamburger é bem ao estilo americano, mais pesadão, o que entrega que deve ser feito com carnes um pouco mais gordas e suculentas.

Pedi ao ponto para mais e veio exatamente assim e tudo estaria perfeito se eu não tivesse sentido falta de um tchan a mais na carne – para o meu paladar estava ligeiramente sem tempero. Talvez visitas futuras me mostrem que esse foi apenas um ponto fora da curva…

A cebola me pareceu mais curada do que caramelizada – eu esperava algo mais dourado e adocicado.

Algo me diz que eu teria sido infinitamente mais feliz com o Chili Burger.

Afoguei esse momento de arrependimento pedindo o colossal IceCream Sandwich (R$ 17,00): uma bola de Haagen Dazs entre dois cookies sensacionais, daqueles úmidos por dentro e crocantes por fora.

Só não seja um ser glutão como eu e obrigue alguém a dividir essa árdua tarefa com você. ;)

BOCCANERVOSA no Facebook

31 janeiro
1.397Comments

I ♥ Piggie Burger.

Já tem um tempo que venho me pegando de amores por hamburgers – não é pra menos, o número de boas hamburguerias que fazem lanches premium só vem aumentando.

Foi atrás de um desses lanches que cheguei ao 210 Diner e aproveitei para inciar minha saga pelos restaurantes de Benny Novak, chef que também comanda um bistrô (ICI) e uma cantina (Tappo) – que vale MUITO a visita se julgarmos por essa bolonhesa que me tira o sono.

O caso de lombriguite aguda girava em torno do Piggie Burger que une ao suculento hamburger, um montinho de costelinha suína desfiada ao molho barbecue. Mas antes de chegarmos a ele, vem dar uma olhada no que é o 210.

A ambientação do restaurante, que finge ser um diner, é bem lúdica. Neons e luminárias que quase batem na sua cabeça fazem parte do conceito todo.

Fonte: http://www.210diner.com.br/

Eu curti bastante e só aumentaria a iluminação geral, em prol de fotos melhores do salão! :)

Já sabia que o lanche pelo o qual eu tinha ido até lá seria mais do que suficiente caso eu quisesse comer uma sobremesa também. Mas a maldição da “primeira visita” me fez escolher uma entrada e pedi um Popcorn Shrimps (R$ 25,00)

Como diria Val Marchiori: “Helloooo”  para esses mini micro camarões. Tamanho não seria problema caso todo o conjunto compensasse, mas a fritura estava encharcada e o empanado super molengo. Ponto para o bom molho rosé que os acompanhava. Só que né.. 600 calorias pra dentro à toa, mas ok. Let´s move on!

Eu que já estava quase afogada na minha baba de tanta vontade do Piggie Burger (R$ 33,00) vi o dito cujo chegando na nossa mesa, acompanhado do Burger Clássico (R$25,00) + Creme de Milho Rústico (R$12,00) que o marido pediu.

Sinta o drama.

Burger Clássico + queijo

Os dois hamburgers, feitos de acém e fraldinha, vieram exatamente como pedimos: ao ponto e suplicando para que a primeira mordida fosse dada o quanto antes.

Tendo provado o Piggie e o Clássico, continuo recomendando o primeiro. Que molho de barbecue é aquele, minha gente? Suave, adocicado na medida certa misturado ao sabor da carne suína…Fico aguada só de lembrar!

Ah, lá os lanches podem ser acompanhados por batatas  ou cebolas fritas.

DICA: fique com essa cebolinha tesuda, bem crocante, sequinha e leve. Quando começarem a vender em pacotes, por favor, me avisem. GRATA.

O creme de milho foi uma boa pedida também e é feito do jeitinho que eu gosto: mezzo milho moído, mezzo grãos inteiros – bem adocicado.

Do extenso cardápio, que me deu até uma gastura só de pensar o que eu pediria caso não estivesse obstinada a comer meu lanche, já extraí os pratos que me farão voltar muito em breve ao 210:  Louisiana Hot Mac & Cheese (R$ 35,00), o clássico macarrão americano com queijo acrescido de linguiça artesanal e  Omelete Chili com carne (R$ 33,00).

Aí vem a última etapa desse calvário que é a escolha da sobremesa. Pelo o que pude ver são todas para duas pessoas, então já era a farra do boi de provar várias.

Depois de rodar a roda e refletir muito, escolhi o Cheesecake que leva um toque de limão e calda de frutas vermelhas (R$ 16,00), mas fiquei aguadíssima para provar o Carrot Cake (pois quanto mais versões eu provo, mais eu amo o da Condimento) e o Devil´s Food Cake, que é realmente o capeta em forma de sobremesa: bolo de chocolate com calda de chocolate e sorvete.

E o cheesecake mostra ao que veio:  leve, fresco e cheio de sabor. Típica situação em que eu comeria a porção generosa sozinha sem nem pestanejar.

Portanto, tome cuidado…o perigo mora  quase na esquina e fica lá na Rua Pará. ;)

BOCCANERVOSA no Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...